Passa ano, entra ano…

DSCF6685

Lá vamos nós, mais um ano indo e outro chegando, estive ausente do meu Blog, estive ausente de parte da web por opção, é cansativo, viramos escravos das obrigações de estar nas redes sociais e acabamos esquecendo do social, do compartilhar, do estar junto.

Esse ano pode estar junto de gente que amo e de gente que aprendi a gostar, deixei de lado alguns e me preocupei mais com os que gostam de mim. Meus amigos me viram, curtimos e tomamos cervejas juntos, aproveitamos os bons momentos e nos ajudamos nos ruins. Alguns colegas de trabalho já são mais amigos e outros se tornaram mais próximo, gosto deles, mas já convivo bastante com eles, logo preciso do tempo fora do trabalho para conviver com os outros que não vejo.

Optei em 2014 por outro formato, nada de ficar me desdobrando para atender sicrano ou beltrano, o meu tempo é meu e é cedido a quem dá valor a ele e ou a quem paga por ele (para ter-me profissionalmente). Isso me fez entender o quanto ser bom ou bonzinho é igual a ser trouxa. Dana-se quem ficou sem meu tempo, provavelmente não o merecia e ou não pagou por ele!

Amigos de verdade tenho anotado e quando precisam sabem que estou de alguma forma pronto, vocês são importantes ao seu tempo e têm meu tempo.

IMG_9970

Sejamos mais felizes, vamos sorrir mais, um bom dia seguido de um sorriso é melhor do que uma cara feia e ou amargurada. Vamos trabalhar o necessário, mas produzir quando estivermos trabalhando, que sem duvida vai sobrar mais tempo para nos divertir-mos.

Vamos dar nossa opinião, vamos aplaudir acertos, vamos reclamar dos desacertos, mas não vamos permitir que opiniões contrarias prejudiquem nossos dias e nossas amizades. Todos têm direitos a acertos e erros, é preciso conviver com isso. Mas os erros que infringem leis e ou regras precisam ser denunciados, precisam ser combatidos para não se tornarem a regra e isso é pedir um basta a impunidade – aquela que reina em meu país e talvez no seu, é pedir para ser justo com o coletivo que vive numa sociedade organizada. Se virar bagunça generalizada, vira terra sem lei, sem princípio e ai  não adianta campanha contra o racismo, homofobia, etc, vira cada um por si e dane-se o próximo. Não devemos esquecer que os direitos do outros não exclui o nosso. Sim o meu, o seu e o do próximo, de nada adianta defender um direto se esquecemos dos outros direitos.

Enfim, como todo ano, que vocês tenham um ano melhor em 2015, com mais conquistas, saúde, prosperidade, etc – mas que seja um ano direto, reto e direito.

Abraços

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 30/12/2014.

Uma resposta to “Passa ano, entra ano…”

  1. Pepe Melega, amigo que é amigo deve ter tempo real além dos tempos de redes sociais e afins. Sabe que cookie e eu temos amor, carinho e respeito por você. Fique bem, aproveite a família, curta cada minuto. Que o último dia do ano seja muito especial e que em 2015 você seja mais acarinhado, amado, respeitado e deixo aqui meus agradecimentos por tudo que fez na minha vida pessoal e profissional, leia-se fotografia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: