Que venha 2013, será?

Começamos um novo ciclo? Será?

Todo dia é um clico novo, o resto depende de nós! (Foto: Pepe Mélega)

Todo ano é a mesma coisa, pensamos em renovação, pensamos em oportunidades, pensamos em conquistas e tudo fica rigorosamente igual – nada muda, por que?

Porque é simples, a resposta não está na data, ou datas e sim dentro de você! É você que têm o poder de mudar alguma coisa, sem medo, sem receio. É a soma de ações individuais que podem se transformar em ações coletivas que geram mudanças. De nada adianta ficar anotando em uma lista para o ano que entra se não houver atitude para realiza-las!

O que esperamos de um 2013 é uma reação, sim uma reação nossa de menos conformismo, uma reação que leve a entender que se um grupo deseja ele consegue.

Esse ano vou menos à restaurantes, eu adoro, mas os preços estão abusivos é necessário diminuir a oferta de clientes para caírem na real. Como no ano que passou, esse ano vou procurar usar mais transporte coletivo e tirar o carro de casa só quando for mais interessante e/ou necessário. Também esse ano vou comprar menos camisetas, afinal minha gaveta está com algumas que ainda não usei. Esse ano vou pesquisar mais quando tiver que comprar algo, serei menos compulsivo e mais realista, chega de pagar a mais pela preguiça.

Vocês alguma vez pensaram numa lista assim? Sabe quanto isso seria benéfico para a sociedade em que vivemos?

Há mas você pode e quer ser visto no carrão que comprou, adora ficar na fila para entrar no restaurante badalado e quer ficar num lugar onde todos os vêem, né – quando a conta chega paga com cartão de crédito especial mega blats e não resisti entrar na loja de griffe e comprar alguma coisa que pode se perder no seu armário empilhado de outras semelhantes que um dia você ira usar.

Se você pensa assim me faz um favor, não reclame que as coisas em nosso país (Brasil) estão caras, que o serviço é ruim, que o produto é de péssima qualidade e que é muito melhor comprar quando você viaja para um país onde os custos são justos. Continue alimentando a demanda, mas não reclame tá!

Abraços e bom 2013, com o sem mudanças.

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 02/01/2013.

4 Respostas to “Que venha 2013, será?”

  1. Crônica inteligente, pessoal e reflexiva.
    Adorei, bjo meu gde amigo!
    Ana Druzian

  2. Para ser lido todos os dias dos próximos anos…

  3. Pepe, gostei das decisões, e do texto. Na verdade, diminuir o ritmo do consumo é também uma das minhas metas, aliás, na maioria muito parecidas. Acrescento a elas emagrecer (sempre) e aprender (e dominar) uma nova língua a cada 2 anos. Faz bem e abre portas. Abraços fortes para um 2013 cheio de amigos!

  4. Otimo texto. Cade vez mais nossa sociedade penetra no mundo do “TER” e se afasta do mundo do “SER”. Feliz 2013 Pepe Abraço José Senna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: