Apredendo com meus erros

Sempre surge aquela pergunta, não adianta parece que as pessoas se viciam – principalmente reportes e ou entrevistadores. É sempre a mesma: Qual a foto que você queria ter feito? Sei lá, eu ainda não fiz todas as fotos que queria!

Eu erro como na foto acima, poderia ser a foto que desejei fazer, mas é melhor aprender como o erros do que se lamentar (Foto: Pepe Mélega)


Engraçado essa abordagem, mas é conseqüência de nosso processo de aprendizagem, pois é olhando fotos que aprendemos, que criamos conceitos, que registramos referencias de tudo o que vemos e com isso vamos moldando nosso estilo – repare moldando e não copiando.

Há pessoas que acreditam que a formula é copiar o que deu certo e pronto: sucesso garantido. Há outros que procuram desenvolver métodos criativos para sair do comum e com isso atingir o sucesso. São caminhos e ou formas de pensar. Acredito que hoje é difícil ser “inovador” há muitas referencias e essas estão viajando muito rápido pelas estradas cibernéticas da internet, logo você pode estar pensando em algo diferente e a 5 mil quilômetros de você alguém pode estar fazendo a mesma coisa que irão se encontrar na internet em um momento. Ser diferente está ficando difícil! Mas será que somos bem sucedidos só por sermos diferentes na fotografia? Foi um dos meus erros e aprendi com ele!

Na fotografia o que precisamos ser – para realmente sermos fotógrafos, é ser constante. Constante a uma idéia, um estilo, um ideal do que se quer. É ai que ganhamos a desejada visibilidade, pois com ela pode vir a remuneração – que muitos vão dizer bobagem, dinheiro isso, dinheiro aquilo, mas fotógrafos profissionais vivem como? Sim é o dinheiro que paga minhas contas básicas, que garante meu sustento. Eu preciso dele – adoraria não precisar, mas eu preciso dele. Demora, mas cai a ficha, acredite. Para você ter sucesso como fotógrafo profissional, você têm que ser pago pelo que faz! Isso é o medidor do sucesso desejado. Como fotógrafo profissional preciso ter minhas fotos publicadas e remuneradas quando isso acontece, preciso ter no trabalho encomendado o valor justo recebido, preciso que minhas fotos autorais – aquelas que não são fruto de uma demanda solicitada tenham visibilidade e despertem o desejo de compra. Creiam-me não há outro caminho para um fotógrafo profissional.

Ok, falei de erros é esse meu objetivo, mas o que está escrito acima pode evitar erros! Mas voltemos as fotos e ao verdadeiro recado que quero deixar. Alguns grande fotógrafos dizem que erram, mas não mostram seus erros – é uma boa estratégia, parecem sempre acertar, né. Mas o que eles não dizem é se olham para as fotos que erram para aprender. São os erros que também ensinam, são com eles que aprendemos a ser mais rápidos, mais precisos, a pensar antes de apertar o disparador e com isso evitar os erros. Por isso não jogue as fotos erradas fora na primeira seleção que você fizer, separe-as. Com tempo, após entregar, subir na web as boas fotos olhe para as fotos ruins e pense, interprete o que você errou ao executa-la. Aprenda com seus erros, eles são ótimos para ensinar e nåo se deslumbre só com seus pequenos acertos ouvindo os aplausos.

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 31/05/2012.

Uma resposta to “Apredendo com meus erros”

  1. Sinceridade, humildade e preocupação.
    Com esse texto eu conheci você um pouco mais, a grande maioria dos fotógrafos hoje esconde conhecimento, me pergunto: Por quê? Medo? Mercado competitivo? Ou que o assistente não pode saber dos seus erros?

    E chego aqui e vejo você falando a verdade, tendo a humildade de falar do seu erro, e se preocupando com o próximo ao postar falando sobre os cuidados do erro. Genial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: