Águas de Trutas

Assim começou a primeira história (Foto: Pepe Mélega)

Essa época sempre me dá um faniquito, tenho uma difícil tarefa de decidir agenda para os meses de novembro, dezembro e janeiro. Os dois últimos meses estão fáceis ultimamente é o destino é o norte dos USA, matar a saudade da filhota. Mas novembro me dá aquele quero tudo, mas não dá. Tenho que escolher entre tucunarés (auge da temporada amazônica) e trutas (apertura da temporada argentina) e meu coração fica dividido. Esse ano tudo indica que os tucunarés estarão na minha agenda no final do ano, há um projeto bom em andamento e poderei fazer um trabalho que há muitos anos desejo. Mas deu saudade das águas patagônicas onde há ilustres habitantes a disposição.
Ai resolvi falar das oportunidades que tive de estar por lá, de pescar em águas tão límpidas que são chamadas de “Gin Walter” numa alusão a sua transparência. Uma perdição para quem gosta da prática de pesca com moscas (Fly Fishing) e adora fotografar. Patagônia é o lugar para pessoas, como eu, que são viciadas nessas duas práticas e de novembro a fevereiro temos uma temporada onde há dias que as águas se tornam ainda mais claras com a presença do grande iluminador natural. Adoro poder estar lá, o sol é generoso ao iluminar algumas coisas. Fotografar, pescar e sentar-se a beira dos riachos para o almoço são prazeres difíceis de explicar. Não há o que pague degustar um vinho com uma milanesa (quase fria) olhando a paisagem. Sou grato pelas oportunidades de lá estar e sempre fico com aquela vontade de quero mais. Já foram muitas as idas e todas marcantes, inesquecíveis que me fazem sonhar sempre.

Gin Water, ajudando a realizar sonhos (Foto: Pepe Mélega)

Lá se pesca até maio, mas as cores são mágicas em março (normalmente) uma mistura que me deixa estasiado e sem saber o que fazer. As vezes só contemplo, outras pesco e outras fotografo. Um pedaço de paraíso, onde tudo conspira para te deixar a sonhar.
Lembro-me da primeira vez que consegui levar uma caixa estanque para a câmera, queria mostrar como era por dentro dos rios onde pescávamos. O Ivan de Floripa, me atendeu e segui com uma moldada para receber a Canon EOS 1 RS, depois substitui a caixa por uma moldada para a EOS 10D e mais tarde adaptei a primeira para usar uma EOS 1D. Hoje uso uma Canon G11 com caixa estanque, leve e pequena com grandes possibilidades. Água gelada 11 a 13º, neoprene de pesca, improvisado com um colete do mesmo material para proteger até a altura do pescoço para aliviar os 15 a 20 minutos que aguentava ficar na água na tentativa de fazer as imagens que planejará. Eu errava muito no foco, principalmente no primeiro plano. Demorou para interpretar uma hiper focal para resolver.

Apanhando com o foco (Foto: Pepe Mélega)


Apredendo a ajustar um hiper focal (Foto: Pepe Mélega)


Queria mostrar o rio, o fundo, as trutas, o pescador no momento mágico de segura-la e depois de soltar fazendo-a voltar a água ainda mais esperta. Foi algo de tirar o folego quando vi as primeiras imagens feitas por mim ainda no seculo passado. Como é bom realizar desejos como esses.

Pescador e truta (Foto: Pepe Mélega)


O momento mágico para qualquer pescador (Foto: Pepe Mélega)


Como é bom poder viver do que se ama fazer. Como é bom ser fotógrafo e pescador. Como foi bom aprender a respeitar o que temos em nosso planeta.

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 18/06/2010.

2 Respostas to “Águas de Trutas”

  1. Olá Pepe, fotógrafo e pescador! É isso mesmo, poder viver do que se ama fazer! Formidável esta oportunidade para experimentar. Fotografando dentro da água, baixa temperatura, tempo curto “15 minutinhos” ajustes e … registrado. Ótima.
    Fim do ano tá aí, não tem dessa de dar faniquito, vá arrumar sua tralha rápido amigo o projeto já não está em andamento? Então? kkkk!

    Abraço,
    Otacilio Tiago

  2. “Como é bom ser fotógrafo e pescador.”
    Como é bom encontrar blogs como este, além de observarmos excelentes fotos, ficamos conhecendo um pouco de sua histórias…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: