Panasonic DMC-GF1

A pequena que surpreende (Foto Tati Mélega)

A pequena que surpreende (Foto Tati Mélega)

Segunda feira já recuperado da viagem e após resolver algumas pendências durante o dia quando, a tardezinha, bate a porta o encarregado da UPS trazendo algumas caixas e entre elas está uma da Amazon.com que aguardava com interesse. Trata-se de uma câmera compacta, com um sensor maior que as demais e que permite trocar as lentes. Vamos dizer que é uma pequena notável, risos.

Impressiona a qualidade das imagens e os recursos que permitem adota-la com segundo corpo em qualquer situação. Com um anel extra pode-se colocar várias lentes com baioneta M Leica (as próprias Leicas, Carl Zeiis, Voightlander, Zuiko, etc) e deixa-la turbinadissima. As especificações vocês podem acompanhar aqui: Panasonic GF1
Ela é concorrente direta de outra pequena notável a Olimpus EP1, ambas são bárbaras para um proposta de câmera pequena com boa qualidade e de tamanho ideal para levar na bolsa, mochila, etc. Não é uma câmera portátil como as “G: da Canon que vc coloca no bolso da calça. Mas são bárbaras para andar por ai clicando com a certeza de que terá imagens de qualidade quando ampliadas.

Cores do outono (Foto Pepe Mélega 1/80, f8, ISO 100 em 18mm)

Cores do outono (Foto Pepe Mélega 1/80, f8, ISO 100 em 18mm)


Adorei a pegada, o menu é pratico, a lente funcional 14~45mm F3,5 a 5,6 de mínima e F22 no máximo. O LCD é bom, nitido e grande, mas sofre quando o sol está pegando e complica.
A primeira impressão é muito boa, apesar do visor (todas do género sofrem do mesmo mal) ela surpreende muito bem e vai agradar a quem resolver te-la como opção.
Cores da Tarde (Foto Pepe Mélega 1/250, F8, ISO 100 em 31mm)

Cores da Tarde (Foto Pepe Mélega 1/250, F8, ISO 100 em 31mm)

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 21/10/2009.

7 Respostas to “Panasonic DMC-GF1”

  1. Lindas as imagens, mas como te disse aqui, usar LCD com sol é péssimo, a gente acaba fotografando no chute (qdo as imagens são na rua por ex) e a composição sai uma Eca rsrs A idéia destas novas máquinas é ótima, mas um visorzinho ia bem Saiu uma macro maravilhosa para ela, mas já imaginou acertar o foco usando o LCD ?

    Abração e aproveita

  2. […] comprei a Panasonic GF1; agora é só esperar chegar, e fotografar tudo pela frente! Update4: Pepe Mélega está testando a minha GF1 em NYC, e teve a cara-de-pau de postar em seu blog! Veja […]

  3. Grande Pepe, show de bola a foto “Cores da Tarde”, linda mesmo.

    Felicidades e muita paz por aí. =))

  4. Lindas as capturas!!! To vendo que vai render mta coisa boa.
    Bjo gde, Ana Druzian

  5. Beleza Pepe, quando retornar quero manusear a camera, estou precisando de uma pequena pea carregar sempre comigo!

  6. Testei a G1 e pirei.
    O problema do LCD no sol é pior ainda quando estamos de óculos escuros. Mas… a G1 (agora GH1) tem o viewfinder eletrônico. Imaginei que seria igual àquela coisinha diminuta da popular série FZ, mas não: é uma imagem bem grande, generosa. E tem o sensor de rosto, como outras câmeras de gente grande.
    Até acho bizarro quando gente mais nova me diz qe não consegue fotografar pelo viewfinder, só olhando no LCD! Pô!

  7. cool, very nice. thanks 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: