Cadê o conteúdo??

Conteúdo? Macaco comeu!

Conteúdo? Macaco comeu!

Estive participando de algumas conversas e discussões sobre fotografia e ouvi muita coisa sobre conteúdo de imagens, clichês, imagens repetitivas, flickr, etc. E fiquei me perguntando: Será que toda imagem precisa de um conteúdo? Não pode ser só uma imagem bonita que sensibilizou quem a fez?
Sei lá sabe (risos) vamos estudando, pesquisando, participando de debates e com isso aprendendo cada vez mais sobre fotografia e vamos deixando de lado o prazer de simplesmente clicar por clicar. Quero poder apontar minha câmera para um pôr do sol, que me perdoe a Simonetta, por que gostei e quero registra-lo. Não me importa o quanto clichê é, aos meus olhos eles são sempre diferentes, lindos e valem um registro, assim como o nascer do sol. Quero clicar só porque também gosto!
Entendo que dependendo do contexto fotos devem expressar um conteúdo, esse depende da proposta do fotógrafo. Se estou na função de fotojornalista devo entender e fazer com que minhas imagens expressem o conteúdo de uma ação, de um tema, de uma história. Mas a fotografia, assim como o cinema não vive só de coisas “cabeças” difíceis de entender que fazem da cultura geral um poço sem fundo para estar atento as tendências contemporâneas. Existe filme diversão, aquele que alegra, faz rir, relaxa, em fim, diverte. Por que não podemos ver e fazer a foto diversão aquela que agrada, que faz rir, que faz lembrar, ser bem feita por um fotógrafo que gosta de faze-la. Por que não admirar também essas imagens clichês bem feitas que alegram, que fazem rir, que distraem da mesma maneira que olhamos para ensaios sérios de fotógrafos sérios ou que se acham sérios (na linguagem popular o CARA) só porque alguém escreveu algo positivo sobre ele e afeta um coletivo intelectualizado de seguidores.
Há um zilhão de imagens boas pipocando na web atualmente, muitas com conteúdo e outras somente divertidas que atraem, gente sem consistência no que faz, mas faz e acerta parte delas (essa é a diferença do CARA, ele acerta muito!) e se pesquisar vai-se achar muito gente que acerta muito mas não são os CARA (no singular mesmo, ele é o sujeito oculto de meus pensamentos) . Imagens devem ter um propósito – isso eu concordo, mas esse propósito pode ser só me agradar, dar-me uma lembrança, mostrar algo que curti ao ver e fotografar. Não precisa necessariamente vir coberta de conteúdo pós revolucionário, pró ativista , anti-ditadura, pré-governamental existente no crepúsculo da monarquia. Eu sei, você já ouviu algo assim explicando uma fotografia e também não entendeu nada, né. Nem eu, mas esse é o espírito, se não convenceu (com a imagem) confunda-os para que eles a achem interessante com conteúdo e pronto.
Parece bobagem, mas pense, olhe em volta veja quanta coisa está sendo aceita, pelo conteúdo que acompanha a imagem de forma descritiva. Imagem é boa com o sem conteúdo quando olhamos para ela e ficamos preso por alguns segundos só por que nos agradam, as vezes por que possuem conteúdo e nos dizem muito.
Observadores são diferentes, eu olho imagens de um jeitos você de outro. Eu gosto do Brassai, a maioria gosta do Bresson. As vezes é parecido, mas há diferenças, você não vai agradar a todos, mas se agradou a você é o que importa. Se você não se cansa de ver a imagem é o que conta. O conteúdo está dentro de você, de nós quando vemos a imagem e “viajamos” com ela. É como a banana da foto, o conteúdo o macaco comeu, ficou a lembrança do comprovante bancário.

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 20/08/2009.

9 Respostas to “Cadê o conteúdo??”

  1. Seu melhor texto aqui, concordo com tudo , embora prefira o Bresson ao Brassai rsrs Abração

  2. boa, Pepe!

  3. A foto é boa, a crônica é melhor ainda. Eu adoro fotografar o por do sol (ok, por do sol às margens do Rio Negro é foda mesmo), adoro fotografar a lua (vão dizer que luz cheia é tudo igual…), adoro apontar a camera no automatico quando meus filhos estão distraídos pra ver se capto uma expressão diferente (e dane-se o flash chapado ou a sombra na parede, eu quero a cara de susto!). Eu quero ver mais fotos do Pepe. Sao lindas e FALAM. Pepe é o CARA!

  4. eu tb tenho zilhões de fotos de por do sol. voltei a fotografar após muitos anos por causa do nascer do sol na raia olímpica e não me envergonho de amar estas imagens. Elas trazem uma paz que nenhuma foto de gente pobre e sofrendo me traz.
    O problema não a foto do por do sol, mas qual foto do por do sol.
    beijo,
    e.

  5. Você é CARA!!!
    eu penso isso, sinto isso mas não sabia escrever.
    Show…
    Eu gosto do Pierre Verger….
    Posso usar o texto em um forum??? mande um email, ok?
    abraços

  6. Rudy também é o CARA

  7. Gostei do seu texto Pepe!
    Cabe uma boa discussão sobre até que ponto pode-se questionar e/ou classificar o conteúdo apresentado, ou proposto, ou imaginado, pelo autor de uma determinada imagem.
    Se ele, com os meios que se apresentam hoje em dia, torna pública esta imagem, certamente vai ser alvo de críticas, positivas, neutras ou negativas, porém pode solenemente ignorá-las se assim quiser. Tudo depende do que o motivou a se expor, e aí podemos retornar ao porque do assunto/objeto da imagem… E por aí vamos!

    Grande abraço.

  8. oi pepe gostei do conteudo do seu texto hehe.
    Mas acho que é isso mesmo uma imagem pode ser só uma imagem para agradar a quem fez e quem olha .
    Fiz um curso de enologia e o professor falou, apos ter sido inquirido de qual o melhor vinho “simples, falou ele, o melhor vinho é o que te agrada, não precisa trazer safra nen marca da uva” é isso ai.

  9. Pepe, um texto simples e sincero. Que as nossas fotografias sejam como este texto simples e sinceras. Sempre digo Ame o ato de fotografar e não suas fotografias… o ato é o que importa.

    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: