Saber, eís a questão

Sempre cabe mais um essa é a filosofia (Foto Pepe Mélega)

Sempre cabe mais um essa é a filosofia de alguns (Foto Pepe Mélega)

O que sabemos é o suficiente? Por que alguns acham que sim! Me pergunto o que custa ouvir, o que custa repassar, o que custa a alguém que dinamiza informações para uma massa sedenta por essa? Será que alguns fogem do saber por achar que custa caro? Quanto vc pagaria para ter informações lendo um jornal – há uma campanha no momento em São Paulo dando a quem assina a opção de quando vale estar informando. Blogs, sites, estão distribuindo conhecimento através de informações, teste práticos, erros e acertos disponíveis através de uma simples pesquisa pelo google no conforto de algum lugar acessando a internet e temos uma luz. A informação necessária para seguir num processo de criação, para uma solução técnica, para enriquecer seu repertório de imagens. Por que estou escrevendo isso?  É o que você está se perguntando!

Muito simples, por que ir a um lugar onde será mal recebido, vai enfrentar filas desorganizadas, para de repente conseguir um lugar para assistir alguém que você admira e quer saber mais sobre o trabalho e seu “ídolo” pega um violão e começa a tocar e cantarolar algo que não se identifica. O que você faz?

a – Sai de cena e vai tomar uma com a turma
b – Fica revoltado, mas mantém a pose até o final
c – Chuta o paú da barraca e põe o cara na linha
d – Promete que nunca mais volta a um evento assim
e – Resolve pensar bem em o que fazer com sua grana na hora de gastar com workshops na área que lhe interessa.

Hora de pensar e tomar decisões, hora de analisar e escolher. Pense nisso na hora de gastar seu dinheiro para ter informação em troca dele. Avalie, pergunte a quem já fez e faça a escolha acertada. Não coloque sua grana sem saber se vale a pena. Pesquise, analise o conteúdo, acredite tem gente muito boa que vale sua grana e você vai querer repetir a dose. Mas faça sua grana valer!
Há muitas coisas boas acontecendo no mercado fotográfico, mas também há muitos aproveitadores como acontece em qualquer lugar e atividade. Tem gente bem intencionada que produz e gera resultado e outros que só querem ver o resultado na conta bancária. Tenho certeza que cobrar por conhecimento não é errado, errado é não entregar o que se compromete a fazer.

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 03/07/2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: