Eventos de Fotografia

Virou mania nacional, todos querendo organizar eventos ligados a fotografia, até ai nada de mais. Bom para quem gosta de fotografar, bom para quem quer aprender, bom para mostrar produtos, bom para organizadores que trabalham e merecem o que ganham. Tudo funciona em torno do tema: FOTOGRAFIA.

Foto Pepe Mélega: O publico não pode ser self service dos organizadores de eventos

O publico

Muitos cursos aparecem, alguns bons outros nem tanto, mas há publico para tudo, assim como para fotografias tem algumas que eu odeio e que são amadas por outros e vice-versa. As escolhas são pessoais, mas tem uma coisa que não pode faltar nunca. Respeito, respeito ao público que prestigia e ajuda quem organiza atingir seus objetivos junto aos patrocinadores (aqueles que pagam as contas e remuneram quem organiza). Contra isso é que devemos ter uma postura adequada e não deixarmos virar um costume. Organizadores que não respeitam quem os prestigia devem sentir o que sentimos quando ficamos na rua esperando para entrar como se fosse um grupo de indigentes a procura de um teto. Aqueles que divulgam e pedem divulgação nos sites de formadores de opinião e depois não possuem espaço para quem comparece ou pior reservam os locais para os “VIPs” e deixam a aglomeração acontecer para terem a foto da multidão e assim iludir os patrocinadores não merecem nosso respeito. Pensem nisso somos nós que no final das contas fazemos tudo acontecer, sem o publico que interesse tem empresas que querem mostrar seus produtos e serviços.

Que venham muitos eventos eles são ótimos e produtivos para quem quer evoluir no seguimento, mas respeito é bom e gostamos.  E a maior falta de respeito que pode acontecer ao publico é uma atitude predadora e mesquinha.  Por que  os organizadores do SP Photo Fest resolvem fazer o evento numa metrópole como São Paulo no mesmo mês do Paraty em Foco?

Afinal o Paraty em Foco já está na sua 5º edição.

Por que não o fez no primeiro semestre ou em Julho quando a grande São Paulo ganha com as férias escolares um transito menos caótico e pode receber estudantes de todo o país que estão sem atividade em seu estabelecimentos de ensino? Por que tem que ser exatamente no mesmo mês de um evento que se firmou e tem tudo para continuar a ser excelente numa cidade de muitos atrativos? Não sou especialista em marketing, mas com certeza na economia apertada de momento vou pensar muito em qual posso estar presente, quantos estão na mesma situação que me encontro. Por que dividir o publico, por que não usar de uma logística que permita a presença do publico de forma menos exaustiva física e financeiramente. Por que não pensam no Publico?

Pepe Mélega – Fotógrafo

Anúncios

~ por Pepe Mélega em 01/07/2009.

8 Respostas to “Eventos de Fotografia”

  1. Boa, Pepe! Realmente lamentável o agendamento de dois eventos tão importantes na mesma data. Todo mundo perde com isso.

  2. Concordo que a sobreposição de datas é lamentável.
    Aliás, está acontecendo o mesmo com outros eventos e feiras de fotografia.
    Não vou nem falar de cursos…
    Cada vez que tento marcar uma agenda de workshop para qualquer cidade fora de São Paulo, há sempre alguém com o mesmo tema, mais barato, na mesma semana, na mesma cidade. Coincidência, certamente, o que demonstra que há, provavelmente, um excesso de oferta.

  3. Hehehe, pois é, na verdade money talks e os caras não tão nem aí para o verdadeiro alvo, os fotógrafos. A briguinha sem necessidade dos empreendedores só leva TODOS a perderem um pouco mais. Parabéns pelo post.
    360 abraços
    AYRTON

  4. Muito ego, pouca consciência, nenhuma maturidade (e já deveriam ter há muito tempo).
    Tomara que sejam “acordados” por mais um monte de vozes como a sua, Pepe.
    Abraços,
    Guto

  5. Bom post e bom assunto para uma conversa. Fiquei com a mesma dúvida… Por que tão perto?

  6. Olá Pepe!

    Muito pertinente seu post.
    Lamentável que não haja um melhor planejamento e mais diálogo entre os organizadores. Os egos inflados, como sempre, acabam colocando ótimas oportunidades por água abaixo…
    E não sendo profissional me surpreeende mais ainda ver um número considerável de escolas surgindo ou ampliando a oferta de cursos, considerando as inúmeras discussões recentes sobre as dificuldades do mercado atual.
    Complementando o que disseram o Clício e o Ayrton, oportunismo e alvo errado…

    grande abraço!

  7. Tem gente que pergunta porque nao fazem planejamento e/ou conversas… minha experiencia com datas trepadas é exatamente assim mesmo. A turma que ficou de fora de um evento tenta montar outro “coincidentemente” na mesma época e num lugar mais facil de chegar e/ou mais barato só pra mostrar que tambem pode fazer. Poder pode, mas é ético? é viável? é bom pro publico? Quem ja começa assim, nao vera O meu dinheiro

  8. Belo tópico Pepe
    Inclusive vai a minha reclamação: Wedding Brasil + Fotografar
    abs.

    Julio Trindade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: